An Easy Job of Only Needing to be Defeated by the Hero prólogo

Traduzido por Kote. [PDF]


Prólogo

Era, uma escuridão infinita.

Não importava o quão longe fosse, não havia fim

Não importava quanto tempo esperasse, não havia amanhecer.

Havia um ponto, onde havia luz.

Um trono que flutuava dentro da escuridão — Só ali.

Um aglomerado escuro que tinha a forma de uma pessoa sentada nesse trono.

São olhos vermelhos brilhantes, afirmaram que não era apenas uma escuridão ou um tipo de sombra.

Então, novamente, não era assim que era a sua verdadeira forma.

Mas, não era como se tivesse uma forma verdadeira.

Ficou assim depois de abdicar o direito e a responsabilidade de estabelecer sua forma. Isso era tudo.

Aquele que abdicou até mesmo de seu nome… era algo chamado de “Deus Demônio”.

Deus Demônio.

O cume de todos os demônios.

O Criador de todos os demônios.

O inimigo de todos os bons.

O inimigo de todos os males.

O tolerante de todos de bem.

O tolerante de todos os malvados.

Aquele que afirma todas as contradições.

Aquele que transcende toda lógica.

Neste lugar onde mesmo o caos é visto como bem-razoável, o Deus Demônio olhava por cima do que estava diante de seus olhos.

Anteriormente era um Humano chamado Nakajima Ryou.

“Então agora, primeiramente eu acho que vou ficar com uma aparência que seria fácil para você conversar.”

Quando o Deus Demônio disse isso, buscou a alma de Ryou.

Ele se arranjou em uma aparência que Ryou pelo menos temeria, e seria mais fácil manter uma impressão favorável dele.

“…… entendo. Então, esse tipo de coisa é do seu agrado.”

Depois de quem sabe quanto tempo, a figura de uma jovem senhorita apareceu no trono da escuridão.

Seu cabelo preto descia até seus ombros, e sua franja foi cortada no mesmo comprimento.

Ela tinha olhos negros que davam uma impressão intensa. Com os lábios vermelhos e claros dobrados na forma de um sorriso, o que cobria o corpo do  Deus Demônio era, um vestido preto.

“Agora, vou explicar a situação para você.”

O Deus Demônio, ela se debruçou contra o trono que se tornara maior em comparação com seu corpo que se transformou em uma garota e começou a explicar para Ryou com um tom de voz que combinava com seu corpo que se transformou em uma garota.

“Você, já morreu.”

Nakajima Ryou, vinte e nove anos de idade.

A causa da morte foi, um ataque cardíaco.

Apesar de ter sido informado disso, o Ryou diante do Deus Demônio estava em silêncio.

…… não, ele não conseguiu falar.

Era porque agora mesmo, a alma que Ryou era tornou-se algo semelhante a uma marionete levemente suja de porcelana.

“Un, parece que você realmente viveu uma vida sem valor.”

Ele fez o máximo possível para não incomodar outras pessoas.

Não desejando lugares mais altos, ele conhecia seu lugar.

Embora ele tivesse aspirações, a mão que ele estendia era pequena.

Nakajima Ryou, ele viveu uma vida que uma grande maioria das pessoas chamaria de normal…… ou talvez, uma vida que fosse um pouco menor que o normal.

Tal vida, o Deus Demônio julgou que não valia a pena.

No entanto, isso também era algo que não poderia ser ajudado.

Tendo vivido enquanto seguia o fluxo, havia uma quantidade extremamente pequena de coisas que Ryou havia decidido por sua própria vontade.

A alma de Ryou, que temia a ideia de se machucar e ainda seguia o fluxo, como para encarnar isso, não tinha aparência humana, e sim a aparência de uma marionete feita de porcelana.

“No entanto, você é bastante sortudo.”

Expressando um sorriso de forma hipócrita que parecia um que seria expresso por um humano de práticas comerciais sem escrúpulos, o Deus Demônio levantou-se do trono.

“De fato, há um mundo onde uma vaga para Rei Demônio acabou de abrir, sabe. Eu estava pensando em mandar você para lá.”

Um assento de Rei Demônio ficou vago.

Parecia que tinha o significado de ter perecido.

No entanto, aproximando-se do Ryou, silencioso, o Deus Demônio falou enquanto fazia ela sorrir mais forte.

“Não há necessidade de se preocupar. Eu vou recriá-lo em uma forma adequada para começar como um Rei Demônio.”

Mesmo os conteúdos do trabalho não são tão difíceis, é o que o Deus Demônio disse enquanto ria.

“É um trabalho simples de apenas perecer para o Herói. Se você espera mais do que isso, bem… eu acho que tudo depende de você.”

Após dizer isso, o Deus Demônio esmagou Ryou em pequenos pedaços com um único balanço de seu braço.

“O nome de seu novo eu é…… vamos ver, u – n. Eu pensarei sobre isso até terminar de criá-lo.”

Foi aí que a coisa* com consciência que uma vez foi Nakajima Ryou chegou ao fim.

(NT: a marionete)

ᄽὁȍ ̪ őὀᄿ [Próximo]

Anúncios

Um comentário sobre “An Easy Job of Only Needing to be Defeated by the Hero prólogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s