Goblin Slayer Volume 1 Capítulo 1 Parte (5/6)

Como eu disse antes, aqui está o que faltava do capítulo 1. Também fui avisado no facebook que o grupo que anteriormente tinha traduzido o prólogo(antes de mim) voltou a traduzir a novel, então como vão continuar, vou parar minhas traduções de Goblin Slayer por aqui. Eu também tenho a próxima parte(que é a Intermissão 1) pronta, mas depois eu vejo o que faço com ela…

PDF do capítulo 1 já disponível para quem quiser baixar.

Traduzido por Kote. [PDF]


Parte 5

Por alguma razão desconhecida, não encontraram nenhum goblin enquanto caminhavam pelo lado do túnel.

Em vez disso, o que os recebeu eram indistinguíveis pedaços de carne humana espalhada por toda parte.

O repugnante e nauseante cheiro de sangue e tripas preencheu a masmorra.

“… uuu, ugh, uaghhhh…”

Colocando seus olhos sobre os restos do espadachim, a sacerdotisa não conseguiu se segurar e começou a vomitar no solo.

Era como se aqueles momentos em que bebia vinho de uva e comia pão no templo tivessem acontecido há muitos anos.

Não, se ela fosse pensar dessa forma, então isso implicaria que foi convidada pelo espadachim para ir em uma aventura a muito, muito tempo.

“Novatos, huh.”

Goblin Slayer ignorou a visão horrível na frente dele e meramente falou depois de contar os corpos na frente dele.

“Com base na escala deste ninho, não deveriam restar mais de metade dos goblins.”

Tomando a espada longa e curta do espadachim, colocou em seu cinturão.

Também revisou as armas dos goblins, mas parecia não encontrar nada satisfatório.

A sacerdotisa limpou a boca e olhou para ele com olhos de reprovação, mas ele parecia não notar.

“Quantos?”

“Eh?”

“Alguns novatos vieram para subjugar goblins… isso é tudo que eu ouvi da recepcionista.”

“Ah, isso, quatro pessoas…”

Nesse momento, a sacerdotisa quase gritou bem alto e imediatamente cobriu a boca com as duas mãos.

“S-sobre isso, há mais u-uma pessoa…”

Como poderia ter esquecido.

A artista marcial que foi usada como isca e sofreu extrema humilhação apenas para salva-las não estava em lugar nenhum.

“É uma garota?”

“Sim…”

O Goblin Slayer segurou sua tocha próxima ao solo e começou a examiná-lo.

Havia algumas pegadas frescas, manchas de sangue, terra e sinais de algo sendo arrastado.

“Parece que ela foi levada para as partes mais profundas da masmorra, embora não é certeza que ainda esteja viva.”

O Goblin Slayer olhou para os poucos fios de cabelo longo violentamente atirados ao redor do local entre seus dedos enquanto chegava a essa conclusão.

“Então, temos que salvá-la…”

Embora a sacerdotisa tenha dito isso, ela estava desesperadamente dando-se valor.

Ainda assim, Goblin Slayer não respondeu. Acendeu uma nova tocha enquanto atirava a velha em uma bifurcação no caminho.

“Eles podem ver claramente mesmo se estiver completamente escuro. Acenda apenas uma tocha, não fique rodeando pela escuridão e preste atenção a qualquer som.”

A sacerdotisa obedeceu enquanto incentivava seus ouvidos e escutava atentamente.

Nas partes mais profundas da masmorra onde a luz não podia alcançar, sons de passos podiam ser ouvidos.

… goblins!

Eles provavelmente perceberam a luz das tochas e vieram investigar.

O Goblin Slayer tirou uma adaga do cinto e atirou-a para a escuridão.

O som agudo de algo que está sendo atravessado veio da escuridão. Na penumbra da tocha, um goblin caiu de costas.

Vendo isso, o Goblin Slayer se lançou a frente e deu-lhe uma punhalada fatal em seu coração.

Com a garganta perfurada pela adaga, o goblin não pôde fazer nenhum som enquanto morria.

Os rápidos movimentos do Goblin Slayer não podiam ser seguidos por seus olhos.

“Dez.”

O Goblin Slayer meramente contou enquanto a sacerdotisa olhava a escuridão e perguntou com cautela:

“… você pode ver no escuro?”

“Dificilmente.”

O Goblin Slayer não se preocupou em tirar a adaga que foi envolta pelo sangue e gordura do goblin.

Em vez disso, ele levantou a espada longa do espadachim em sua mão e estalou a língua depois de vê-la.

Então ele pegou o pedaço de pau do goblin que tinha acabado de matar um momento atrás.

O tosco pedaço de pau estava feito de ossos de animais que pareciam mais como uma lança pequena para um ser humano.

“Eu pratiquei com suas gargantas sendo meu alvo.”

“Q-quantas vezes?”

“Muitas.”

“Muitas…”

“Você tem muitas perguntas.”

“…”

A sacerdotisa abaixou a cabeça timidamente.

“Quais são suas habilidades?”

“… eh?”

A sacerdotisa não entendeu enquanto levantava a cabeça.

O Goblin Slayer olhou direto para a escuridão em alerta enquanto dizia:

“Refiro-me aos seus Milagres.”

“… foi-me conferido [Cura Menor] e [Luz Sagrada].”

“Quantas vezes por dia?”

“Um total de três vezes… só restam… duas.”

Ela não estava ostentando, mas para uma sacerdotisa em seu primeiro pedido(missão/quest), ela era considerada boa o bastante.

Primeiro, rezar aos Deuses e pedir que um milagre fosse conferido… este era um talento em si.

Segundo, o número de pessoas capazes de conectar suas almas com os Deuses muitas vezes não eram muitas. Requeria experiência.

“ Melhor do que o esperado.”

Ainda assim, a sacerdotisa não conseguia se sentir feliz por [Ser elogiada] pelas palavras do Goblin Slayer.

Sua entonação sentia-se compelida, fria e motivada por seus objetivos.

“Então, salve seus milagres para [Luz Sagrada]. [Cura Menor] não vai servir aqui…”

“E-entendido…”

“Esse goblin era um explorador. Então é essa masmorra.”

O Goblin Slayer apontou para a escura e profunda parte da masmorra com a ponta da lança.

“Mas o explorador não voltou, assim como os que mataram seus companheiros. Porque já foram mortos por mim.”

“…”

“O que você faria?”

“Eh?”

“Se você fosse um goblin, o que você faria?”

Esta pergunta veio tão de repente que a sacerdotisa segurou seu queixo com seus braços magros e pensou fortemente.

Se eu fosse um goblin, o que faria?

“… faria… uma emboscada.”

“Correto.”

O Goblin Slayer simplesmente disse:

“Os derrotaremos em seu próprio jogo. Prepare-se mentalmente.”

A sacerdotisa assentiu com seu rosto pálido.

O Goblin Slayer sacou um rolo de corda e estacas de madeira e começou a alinhar seus pés.

“Isso é como uma maldição.”

O Goblin Slayer disse enquanto olhava para as coisas em suas mãos.

“Lembre-se, são colocadas na entrada do caminho bifurcado. Não se esqueça, senão você vai morrer.”

“S-sim.”

A sacerdotisa segurou sua maça firmemente com as duas mãos.

Ela repetidamente seguia murmurando: A entrada do caminho bifurcado, a entrada para o caminho bifurcado.

Agora, o único em quem podia confiar, era este homem, que veio de uma origem desconhecida e chamava a si mesmo de Goblin Slayer.

Se este homem tivesse se rendido, então ela, a artista marcial e as garotas da aldeia estariam mortas.

Nesse momento, o Goblin Slayer terminou de preparar a armadilha.

“Vamos.”

A sacerdotisa apressou-se para alcança-lo enquanto cruzava sobre a corda e deu um passo para a masmorra.

Este túnel lateral era robusto, ao contrário do que foi escavado para ataques surpresa.

Além dos torrões que caem do teto que estava coberto de raízes, eles não tinham que temer que o túnel desabasse sobre eles.

Ainda assim, o terreno que estava inclinado para baixo se achatava quanto mais avançassem, a sacerdotisa ficava cada vez mais ansiosa.

Este já não era mais território humano.

Os quatro deveriam ter prestado atenção a isso antes.

Mas agora era tarde demais.

… os goblins eram coisas vivas que viviam no subsolo…

Pensando sobre nisso, era realmente verdade. Mesmo que eles estivessem longe na semelhança com os Anões.

Só porque eles têm corpos pequenos, não os levamos a sério?

… mesmo que se arrependa agora, já era tarde demais……

Na penumbra da tocha, ela caminhou com passos cuidadosos, enquanto observava as costas do homem.

Nem um piscar de confusão ou medo podia ser visto em suas ações.

Podia ser que ele já sabia o que estava esperando mais a frente…

“Estamos quase lá.”

De repente, o Goblin Slayer parou, fazendo com que a sacerdotisa quase tropeçasse.

Antes que ele pudesse girar seu corpo quase robótico, ela rapidamente recuperou o equilíbrio.

“Está quase na hora de usar [Luz Sagrada].”

“S-sim. Eu posso começar a oração a qualquer momento.”

Depois de tomar uma respiração profunda, a sacerdotisa exalou e segurou sua maça fortemente.

Ao mesmo tempo, o Goblin Slayer segurou firmemente a tocha e lança curta em suas mãos.

“Vamos.”

“Ó Mãe Terra, abundante em piedade. Por favor, conceda sua luz sagrada, para nós que estamos perdidos na escuridão!”

O Goblin Slayer imediatamente se apressou enquanto a sacerdotisa apontava sua maça para a escuridão.

A ponta da maça brilhou enquanto os arredores ficaram claros como o dia. Este era um dos Milagres da Mãe Terra.

Parecia que os goblins tinham usado a maior masmorra como sua base principal.

As posições de todos os goblins com suas emaranhadas caras feias que estavam esperando na grande sala foram expostos.

“GAUI?”

“GORRR?!”

Havia seis goblins pequenos, um enorme goblin imponente, e um que estava sentado em uma cadeira com um crânio sobre sua cabeça.

Por causa da repentina luz brilhante, os goblins que foram cegados por ela fecharam seus olhos enquanto gritavam em confusão.

No meio da sala, também havia figuras femininas deitadas no solo como marionetes com suas cordas cortadas. Não é preciso dizer, devem ter passado por muitos tratamentos cruéis.

“Seis goblins, um hobgoblin e um goblin xamã. Restam oito.”

A voz do Goblin Slayer foi ouvida enquanto simplesmente contava a quantidade restante de inimigos.

Claro, os goblins não apenas fechariam os olhos e obedientemente esperariam a morte.

“OGAGO… GAROA…”

O goblin xamã que estava sentado no alto trono ergueu o cajado em sua mão e começou a cantar algum feitiço desconhecido.

“GUAI?!”

Mas, nesse momento, a lança curta na mão do Goblin Slayer já estava voando em direção a ele.

O goblin xamã cujo corpo foi atravessado pela lança deu seu grito final e caiu de seu trono.

Depois de testemunhar a condição horrível de seu líder, os goblins ficaram surpresos e não conseguiram reagir. O Goblin Slayer não perdeu esta oportunidade.

O Goblin Slayer sacou a espada longa que pertencia ao espadachim do seu cinto. Um som agudo e perfurante podia ser ouvido quando a lâmina raspava contra a bainha.

“Ok, retire-se.”

“Eh? Ah, sim!”

Depois que ele disse isso, o Goblin Slayer se virou e seguiu correndo.

Embora estivesse surpresa pelo quão ágil era o Goblin Slayer, ela ainda se virou e seguiu-o, sem nem mesmo entender o que estava acontecendo.

Atrás deles estavam os goblins que estavam reunindo-se depois de serem momentaneamente surpreendidos pela luz.

O Goblin Slayer ignorou a sacerdotisa que estava correndo com toda a força atrás dele, apenas para seguir aumentando a distância entre eles.

Isto poderia ser devido à diferença de vanguarda e retaguarda, ou poderia ser devido à diferença na quantidade de experiência e treinamento físico entre os dois.

Mas embora ele estivesse envolvido em uma armadura de corpo completa e cota de malha, com sua visão coberta pelo capacete, ele ainda consegue mover-se com tal nível de agilidade.

Quando a sacerdotisa o viu saltar fora da entrada do túnel lateral, ela de repente se lembrou de algo.

“Eh, ah!”

Então ela saltou sobre a armadilha com muito esforço. Nesse momento, o Goblin Slayer estava de pé com seu corpo perto da parede.

A sacerdotisa rapidamente seguiu suas ações e se encostou ao outro lado.

“GUIII!!”

“GYAA!!”

Sons de maldições e de passos aproximavam-se, o que significa que os goblins estavam caminhando à frente.

Dando uma olhada, a sacerdotisa viu que quem os guiava era um goblin grande – era o hobgoblin.

“Mais uma vez… encanto!”

O Goblin Slayer emitiu uma ordem para a sacerdotisa.

A sacerdotisa assentiu, apontou sua maça que estava impressa com a marca sagrada ao lado do túnel, e começou a cantar sem nenhum momento de hesitação.

“Ó Mãe Terra, abundante em piedade. Por favor, conceda sua luz sagrada, para nós que estamos perdidos na escuridão!”

A Luz Sagrada da Mãe Terra, quem estava cheia de piedade, mais uma vez cauterizou os olhos do hobgoblin impiedosamente.

“GAUU?!”

O goblin que estava momentaneamente cego não percebeu a corda a seus pés. Então ele tropeçou e caiu…

“Onze.”

O Goblin Slayer correu imediatamente, atravessou a espada na medula oblonga, e girou a lâmina.

O hobgoblin gritou algumas sílabas que eram incompreensíveis antes de se contorcer até sua morte.

“O-os outros estão vindo!!”

Seus milagres tinham sido utilizados. Por ter usado contínuas vezes suas orações com sua alma, agora, ela tinha ficado com um rosto completamente pálido.

“Eu sei.”

O Goblin Slayer rapidamente sacou uma pequena garrafa de sua bolsa e jogou-a no corpo do hobgoblin.

Quebrando-se pelo contato, a substância negra e pegajosa como lodo de dentro da garrafa espalhou-se por toda parte.

A sacerdotisa não tinha visto essa substância antes, tampouco tinha sentido um cheiro tão repugnante em toda sua vida. O que supôs era que isso fosse algum tipo de veneno desconhecido.

“Adeus.”

O Goblin Slayer chutou o gigantesco e sujo hobgoblin ao lado do túnel.

Os goblins que vinham de trás viram um gigantesco pedaço de carne voando em direção a eles e imediatamente o atacaram com as armas em suas mãos.

Aconteceu em um instante. Assim, quando os goblins perceberam que este gigantesco pedaço de carne era seu suposto guarda-costas, naturalmente eles caíram em caos.

Justo quando sacaram suas armas que tinham apunhalado no hobgoblin com grande esforço, e agora estavam tentando limpar a substância grudada neles…

“Doze, treze.”

… já era tarde demais.

O Goblin Slayer jogou a tocha em sua mão em direção a eles.

Com um som de bang, os goblins e o hobgoblin foram envoltos em chamas.

Gritos agudos podiam ser ouvidos enquanto os goblins em chamas lutavam e caiam mais fundo de volta ao túnel

“O-o que foi isso…?”

“Alguns chamam de Óleo de Medea, outros chamam de petróleo. É gasolina”

Comprei de um alquimista… ele murmurou sem muita preocupação.

“Um objeto terrivelmente caro para um efeito tão simples.”

“Ah! As garotas raptadas ainda estão lá d-dentro…”

“Dois ou três corpos de goblins não irão causar um grande incêndio. Desde que estejam vivos, não vão morrer.”

Aparentemente, os goblins não foram exterminados… quando a sacerdotisa ouviu o que ele disse, ela mordeu o lábio inferior ansiosamente.

“… então, vamos voltar lá pra dentro?”

“Não. Quando não puderem respirar, sairão por conta própria.”

A espada do Goblin Slayer ainda estava presa no corpo do hobgoblin. Ele a jogou, simplesmente assim.

Provavelmente ele não planejava usar essa espada que estava coberta com matéria cerebral escorregadia para lutar.

O Goblin Slayer pegou o machado de pedra lançado pelo goblin e segurou em suas mãos.

Era apenas uma arma feita ao amarrar uma pedra a um pedaço de pau. Em todos os aspectos, esta arma não era nada mais do que uma coisa tosca.

E já que não era nada mais do que uma arma tosca, ele revisou sua condição. Parecia que ele poderia usá-la com uma mão.

Então, o Goblin Slayer enfiou a mão na bolsa em seu quadril e sacou uma nova tocha.

A sacerdotisa retornou a seus sentidos e pegou algumas pedras. Ainda assim, ele sequer olhou para ela.

“Eles nunca parecem pensar que alguém poderia coloca-los em uma emboscada.”

“…”

“Relaxe.”

O Goblin Slayer habilmente utilizou a mão segurando a tocha para golpear a pedra enquanto dizia:

“Tudo vai acabar logo.”

Foi assim como ele disse.

Ele matou todos os goblins que corriam para fora da fumaça sem nem mesmo recuar.

O primeiro teve seu crânio esmagado depois de tropeçar na corda.

O segundo e o terceiro foram atingidos pelo machado de pedra depois de saltar por cima da corda.

O quarto teve a cabeça esmagada pelo machado de pedra. O machado ficou preso na cabeça do goblin, então o Goblin Slayer pegou o bastão de madeira que tinha pegado antes.

“Dezessete. Vamos entrar.”

“S-sim!”

Enquanto o Goblin Slayer aproximava-se da espessa fumaça, a sacerdotisa se esforçou para segui-lo.

A sala era um grande desastre. Os corpos queimados do hobgoblin e dos dois goblins estavam deitados no chão, com os rostos indistinguíveis. Enquanto ao goblin xamã, ele jazia desmantelado pelo chão, com a lança atravessada em seu peito.

Quanto às garotas, estavam no chão com seus corpos sujos.

Justo como o Goblin Slayer disse, a fumaça não fez mal as garotas já que flutuava inofensivamente sobre elas.

Ainda assim, embora não estivessem mortas, não estavam abençoadas.

Quando ela viu a artista marcial, a sacerdotisa imediatamente entendeu isso.

“Ugh, ueeeeee…”

Por causa de seu estômago vazio, tudo o que vomitou foram seus sucos gástricos.

Sua garganta parecia extremamente desconfortável, como se estivesse queimado. Com isso, as lágrimas vieram aos seus olhos novamente.

“Próximo…”

O Goblin Slayer a ignorou enquanto entrava e extinguia as pequenas chamas no solo.

Ele então se aproximou do goblin xamã cujo corpo tinha sido atravessado pela lança e agora estava com o rosto no solo.

O goblin xamã não se moveu, e tinha uma expressão em seu rosto como se estivesse surpreso por sua morte.

Em seus olhos arredondados, refletiam o Goblin Slayer que estava olhando para o seu rosto.

“Foi o que pensei.”

Quando ele disse isso, levantou o bastão em suas mãos.

“GUI?!”

O goblin xamã queria saltar imediatamente, mas teve sua cabeça esmagada em um instante. Desta vez, ele estava realmente morto.

O Goblin Slayer balançou o bastão ao redor para sacudir a matéria cerebral antes de dizer suavemente:

“Dezoito. Os de alto nível são sempre os mais cabeças-duras.”

O Goblin Slayer então desajeitadamente chutou o, agora inútil, trono.

Vendo como o trono estava feito de ossos humanos, a sacerdotisa vomitou novamente.

“Um truque típico… olhe.”

“Uh, eh?”

Esfregando seus olhos e limpando a boca, ela levantou a cabeça.

Atrás do trono havia uma tábua de madeira meio podre que era substituta de uma porta.

Esta era uma despensa secreta… não, realmente era apenas uma despensa secreta?

A sacerdotisa ouviu gritos atrás da tábua de madeira e segurou fortemente sua maça.

“Você teve sorte.”

Enquanto o Goblin Slayer abria a porta, gritos agudos podiam ser ouvidos.

“Essas criaturas se multiplicam muito rápido. Logo, teria 50 deles, e teriam atacado em massa.”

Imaginando essa cena, o futuro que ela provavelmente teria enfrentado, ela não pôde deixar de tremer.

Quem sabe, ela pode ter sido rodeada por 10 ou mais goblins, e tornar-se a mãe de seus filhos.

Olhando fixamente o goblin que tinha se encolhido em seu trêmulo corpo, o Goblin Slayer levantou o bastão em suas mãos.

“… você vai matar as crianças também?”

Talvez não houvesse necessidade de perguntar isso.

Percebendo o quão frio era o tom de sua voz, a sacerdotisa estremeceu.

De frente a realidade, poderia seu coração… suas próprias emoções, estavam dormentes.

Ela esperava isso. Pelo menos, agora, isso era o que ela esperava.

“É claro.”

O Goblin Slayer apenas assentiu ligeiramente.

Este homem deve ter enfrentado esse tipo de situação inúmeras vezes.

A sacerdotisa agora entendia — por que ele chamava a si mesmo de [Goblin Slayer].

“Nunca esquecerão sua vingança pelo resto de suas vidas. Sem mencionar que os sobreviventes do ninho aprendem, e tornam-se mais inteligentes”

O Goblin Slayer levantou o bastão em suas mãos casualmente. A matéria cerebral do goblin xamã estava pingando, gota a gota, pelo bastão.

“Não há nenhuma razão para deixá-los vivos.”

“… realmente, não existe nenhum goblin bom?”

“Um goblin bom.”

O Goblin Slayer murmurou em surpresa, e imediatamente sorriu friamente com um hmph.

“Poderia existir, se nós procuramos. Mas acredito…”

“…”

“Goblins bons são os que nunca deveriam aparecer na frente de um humano.”

O Goblin Slayer disse isso.

“Vinte e dois.”

[Anterior] ᄽὁȍ ̪ őὀᄿ [Próximo]

Anúncios

2 comentários sobre “Goblin Slayer Volume 1 Capítulo 1 Parte (5/6)

    1. Bem, se eu tiver que continuar, eu prefiro apenas quando eles pararem. Eu não gostaria que alguém “pegasse” uma novel que traduzo só por que vão traduzir mais rápido, então prefiro não fazer com os outros o que eu não gostaria que fizessem comigo.
      Mas obrigado mesmo assim cara, é sempre bom saber que têm pessoas que gostam do que eu faço.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s