Youkoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e Volume 1 Capítulo 1 Parte 1

Traduzido por Kote. [PDF]


Parte 1

Abril.

A cerimônia de entrada.

Eu estava indo para a escola de ônibus, que tremia cada vez que passava por uma área acidentada da estrada.

Enquanto eu observava a mudança de paisagem de área em área, os passageiros do ônibus aumentavam gradualmente.

A maioria dos passageiros usava uniformes escolares.

O solitário e frustrado trabalhador assalariado que entrou no ônibus se lembrou do tempo em que acidentalmente tateou alguém na última vez em que ele entrou em um ônibus lotado.

Uma velha de pé em frente a mim estava precariamente com seus pés instáveis, parecendo como se ela fosse cair a qualquer momento.

Eu cometi um erro pegando o ônibus.

Mesmo que eu fosse capaz de garantir um bom lugar, o vento frio estava soprando para mim e todo o ônibus estava lotado.

Aquela pobre velha terá que esperar até que o ônibus chegue ao seu destino.

O céu sem nuvens e o tempo limpo é refrescante… Acho que posso adormecer.

Minha tranquilidade e paz foram subitamente interrompidas.

“Você não acha que deveria dar do seu lugar?”

Por um momento, eu abri meus olhos que estavam prestes a fechar.

Eh, por acaso, você estava me repreendendo?

Isso é o que eu pensei no início, mas aparentemente era a pessoa na minha frente que estava sendo avisada.

Um jovem, bem-feito, de cabelo loiro estava sentado no assento prioritário. Quero dizer, um estudante do ensino médio. A velha estava ao seu lado. Uma secretária estava ao lado da velha.

“Você aí, você não pode ver que a senhora aqui tem problemas?”

A secretária parecia querer que ele entregasse o assento prioritário à velha.

No ônibus silencioso, sua voz ficou mais alta e atraiu a atenção das outras pessoas no ônibus.

“Essa é uma pergunta realmente louca, senhorita.”

O garoto poderia ter ficado bravo, ignorante ou talvez brutalmente honesto, mas ele apenas sorriu e cruzou suas pernas.

“Por que eu deveria dar este lugar a uma velha? Não há absolutamente nenhuma razão para eu dar.”

“Não é natural entregar o lugar prioritário aos idosos?”

“Eu não entendo. Os assentos prioritários são apenas assentos prioritários, e não há obrigação legal em ter que sair dele. Se eu me sair dele ou não deve ser decidido por mim, que estou atualmente sentado neste assento. Você vai desistir do seu lugar porque eu sou um jovem? Hahaha, essa é uma maneira estúpida de pensar.”

É uma maneira de falar que não era de se esperar de um estudante do ensino médio. Seu cabelo é tingido de loiro, e há alguns traços inesperados para um estudante do ensino médio.

“Eu sou um jovem saudável. Certamente, eu não sinto que ficar de pé poderia me incomodar. No entanto, é óbvio que ficar de pé vai consumir mais força física do que ficar sentado. Eu não quero fazer uma coisa tão inútil. Ou talvez, você está me dizendo para ser mais animado e enérgico?”

“O que, que tipo de atitude é essa para com os seus superiores!?”

“Superior? É óbvio que tanto você quanto a velha viveram mais do que eu. Não há dúvida sobre isso. No entanto, esse ‘acima’ refere-se à altura. Além disso, tenho um problema com você. Mesmo que haja uma diferença de idade, não é uma atitude terrivelmente grosseira e impertinente?”

(Nota do tradutor gringo: Superior em japonês é literalmente “pessoa acima” — ele está dizendo que o “acima” na palavra superior refere-se à altura, e não socialmente “acima”.)

“O qu…! Você é um estudante do ensino médio!? Honestamente, basta ouvir o que os adultos dizem!”

“Está tudo bem, está tudo bem…”

A secretária estava cansada, mas a velha não queria agravar a situação. Ela tentou acalmá-la com gestos de mão, mas a secretária continuou insultando o estudante do ensino médio e parecia que estava prestes a ficar furiosa.

“Aparentemente, a velha parece ter uma melhor audição do que você. Oh, querida, acho que a sociedade japonesa ainda não é completamente inútil. Aproveite o resto de sua vida com todo seu coração.”

Depois de mostrar um sorriso inutilmente refrescante, ele colocou fones de ouvido nos ouvidos e começou a ouvir música alta. A secretária que falou foi apertando os dentes em aborrecimento.

Sua atitude auto-importante a incomodava enquanto tentava discutir com ele.

Pessoalmente, eu não me envolvi porque eu concordei, pelo menos em parte, com o garoto.

Uma vez que o problema moral é resolvido, a obrigação de desistir de um assento desaparece.

“Desculpe……”

A secretária tentou conter suas lágrimas enquanto pedia desculpas à velha.

Um pequeno incidente aconteceu no ônibus. Fiquei aliviado por não estar envolvido na situação. Eu não me importo com coisas como desistir do meu lugar para os idosos ou obstinadamente recusar a deixar o meu assento.

A perturbação terminou com o garoto que ganhou com seu grande ego. Pelo menos, todo mundo pensou que tinha acabado.

“Um… Eu também acho que a senhorita está certa.”

Uma mão inesperada foi estendida. A dona da voz parecia estar ao lado da secretária e bravamente falou sua opinião para o garoto. Ela usava o mesmo uniforme escolar que o meu.

“Desta vez é uma garota bonita, aparentemente tenho sorte com as mulheres hoje.”

“Parece que já faz muito tempo que está quente. Você não vai desistir do seu lugar? Pode não ser da sua conta, mas acho que vai contribuir para a sociedade.”

06

Com um “pachin”, o garoto estalou os dedos.

“Contribuição social? Eu vejo, isso é uma maneira interessante de colocá-lo. Dar assentos aos idosos pode ser uma forma de contribuir para a sociedade. Infelizmente, não estou interessado em contribuir para a sociedade. Eu só penso em minha própria satisfação. Ah, e também. Neste ônibus lotado, você está me perguntando, quem está sentado no assento de prioridade, para desistir do meu lugar, mas você não pode perguntar às outras pessoas que estão caladas e me deixar em paz? Se alguém realmente se preocupa com os idosos, acho que ‘o assento prioritário aqui, assento de prioridade ali’ seria uma preocupação trivial.”

As intenções da garota não chegaram ao garoto, e a atitude descarada do garoto não mudou. Tanto a secretária quanto a velha não podiam dizer nada e ficaram ali com um sorriso amargo.

Mas a garota que se levantou para o garoto não desistiu.

“Todos. Por favor, me escutem pelo menos um pouco. Alguém pode dar seu lugar para essa senhora? Por favor, qualquer um.”

Como há tanta compaixão, coragem e determinação nessas poucas palavras? É raro ver essas intenções genuínas.

Com sua observação, a garota pode ter parecido um aborrecimento. Mas ela apelou seriamente para os passageiros sem medo.

Eu não estava em um assento de prioridade, mas eu estava sentado perto da velha.

Ao levantar a mão e dizer “aqui está”, esta situação seria resolvida.

A idosa também se acalmaria.

Como todos os outros no ônibus, porém, eu não me movi. Ninguém sentiu que era necessário mover-se. A atitude e o comportamento do garoto haviam apanhado alguns dos passageiros e eles se convenceram de que o garoto estava certo.

É claro que os idosos são indubitavelmente importantes contribuintes e apoiantes do Japão.

Mas nós, os jovens, somos os recursos humanos importantes que apoiarão o Japão de agora em diante.

Além disso, como a população geral está gradualmente envelhecendo, o nosso valor também está aumentando.

Assim, se você compara a juventude e os idosos, é óbvio qual deles é mais importante agora. Bem, este também é um argumento perfeito, não é.

De alguma forma, comecei a me perguntar o que as outras pessoas fariam. Olhando ao redor, as pessoas estavam fingindo não ter notado ou tinham um olhar hesitante.

Mas — a garota que estava sentada ao meu lado era completamente diferente.

Entre a confusão, ela tinha um olhar completamente inexpressivo.

Quando olhei para ela involuntariamente por causa de sua estranheza, nossos olhos se encontraram por um momento. Eu poderia dizer que nós compartilhamos os mesmos pensamentos. Nenhum de nós pensou em desistir de nossos assentos para a velha.

“Oh, aqui está!”

Logo após o apelo da garota, uma mulher levantou-se. Ela desistiu do assento, incapaz de suportar a culpa.

“Obrigada!”

Quando a garota abaixou a cabeça com um grande sorriso, ela foi através da multidão e guiou a velha para o assento.

Ela agradeceu a garota repetidamente, sentou-se em seu assento.

Enquanto observava a velha e a garota, cruzei os braços e fechei os olhos.

O ônibus logo chegou ao destino, e parou na escola.

Quando saí do ônibus, havia um portão feito de pedra natural esperando por mim.

Todos os garotos e garotas de uniforme saíram do ônibus e passaram pelo portão.

Escola Koudo Ikusei.

Uma escola criada pelo governo japonês que visa alimentar os jovens para apoiar o futuro.

É um lugar que vou frequentar a partir de hoje.

Parei, respirei fundo.

Ok, vamos!

“Espere um segundo.”

Como eu tentei dar o meu primeiro passo de coragem, eu fui instantaneamente parado quando alguém tentou falar comigo.

Eu fui parado pela garota que eu sentei ao lado no ônibus.

“Você estava me olhando a um tempo atrás. Por quê?”, ela disse com um olhar firme.

“Desculpe. Eu estava apenas um pouco interessado. Seja qual for a razão, você não teve nenhuma vontade de abrir mão de seu assento para a senhora, certo?”

“Sim, sim, eu não queria desistir do meu lugar. O que há de errado com isso? ”

“Não, é só que eu pensei a mesma coisa. Eu também não tinha nenhuma intenção de desistir do meu lugar. Gosto de ficar longe de problemas; Eu não gosto de me preocupar com essas coisas.”

“Ficar longe de problemas? Não me compare com você. Eu não desisti do meu lugar porque não sentia nenhum sentido em abrir mão do assento para uma mulher idosa.”

“Não é pior do que ficar longe de problemas?”

“Eu não sei. Estou apenas agindo com minhas próprias crenças. É diferente das pessoas que evitam coisas problemáticas como você. Eu não quero passar tempo com pessoas como você.”

“… Eu me sinto da mesma forma.”

Eu só queria dar minha opinião, mas eu não estava realmente com vontade de falar de um lado para o outro.

Ambos deliberadamente suspiramos e começamos a caminhar na mesma direção.

[Anterior] ᄽὁȍ ̪ őὀᄿ [Próximo]

Anúncios

3 comentários sobre “Youkoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e Volume 1 Capítulo 1 Parte 1

  1. Ty pelos caps.
    As personalidades me lembra de Oregairu (Hachiman/Yukino),essa garota na imagem só a imagem me lembra a Yuigahama.(professora +- também)
    A escola depois de ver um comentário em um site, percebi que e mesmo um pouco parecido com baka test.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Yep, as personalidades são parecidas. Ainda não assisti/li Baka to Test, mas pela sinopse, também se assemelha um pouco.
      Acho que a maior diferença pra Oregairu é que essa se passa apenas na escola…

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s