Magi Craft Meister Volume 2 Capítulo 19

Nada a comentar, pra não passar em branco, deixo um vídeo que provavelmente já assistiram pra vocês…

Traduzido por Kote. [PDF]


Volume 2 Capítulo 19 – Um mau pressentimento

Depois que pediu 2 grandes geladeiras e 10 aquecedores de água, o Conde Kuzuma voltou para casa.

“Parece um sonho”

Beana murmurou com um rosto corado.

“Até que você veio Jin, eu estava tão chateada, eu não podia nem vender uma ferramenta mágica das que eu fazia”

“Mais importante ainda, precisamos começar a fazer as encomendas que recebemos ontem”

“O-Oh, é verdade”

Assim eles decidiram primeiro fazer os aquecedores de água. Receberam 5 pedidos para fazer.

Devido ao processo de reprodução, pode ser completada num curto espaço de tempo. Mas eles notaram que os materiais acabaram.

“Ah, estamos sem cobre e madeira”

“Devemos ir às compras depois de fechar a loja hoje?”

“Sim, precisamos ir cedo já que está longe”

“Oh, então é assim”

“Por dinheiro, os 100.000 torr que conseguimos ontem deve estar bem”

Era o preço que a geladeira foi vendida.

Então, de repente percebeu. Não tem máquina de pipocas.

“Isso é problemático……”

Eles estavam sem material de modo que não podiam construí-lo agora.

“Parece que não temos escolha a não ser se desculpar por hoje”

“Parece que sim…”

Uma vez que havia material suficiente para fazer isqueiros, foram feitos 30 isqueiros,

“Embora seja um pouco cedo, vamos almoçar”

Dizendo isso Beana pegou um pão. Embora não era branco puro, parecia um pão bastante caro.

“Oh, esse se parece com um bom pão”

Quando Jin disse isso, Beana sorriu alegremente,

“Não é? O Conde Kuzuma trouxe para mim” (NT: já perceberam a flag? Sem harém para você Jin…)

“Hmmmm”

Eles decidiram deixar a maioria dos pães para Nana e Raldo, Jin e Beana terminaram o almoço. Beana foi levar o almoço aos dois.

Reiko chegou.

“Oh, Reiko, você chegou cedo”

“Sim, Pai. As coisas na ilha estão indo bem. Você já falou a Beana sobre isso?”

Dizendo isso, Jin percebeu que tinha esquecido completamente sobre isso.

“Ah, esqueci”

“Pai…”

Reiko colocou um olhar de surpresa.

“Bem, eu vou dizer se eu encontrar uma oportunidade”

“Por favor, faça isso, okay?”

Ela pediu uma confirmação apenas no caso. Então Beana retornou,

“Ara, Reiko-chan, você veio?”

“Sim”

Parece que Reiko não vai se abrir a Beana. (NT: acho que seria algo como ‘abrir seu coração’…)

“Bem, então, devemos ir abrir a tenda?”

Então, os três foram para o lugar de costume. Eles dividiram a carga dos aquecedores de água.

 

“O quê? E eu estava esperando por isso!”

“Você não disse nada sobre isso ontem!”

“Você está brincando, meus filhos estavam esperando!”

“Eu realmente sinto muito, de verdade…”

Na verdade, os clientes que estavam esperando as pipocas estavam reclamando. Beana e Jin freneticamente se desculparam.

Vendo Jin assim, Reiko olhou ferozmente para os clientes que estavam reclamando. O perigoso poder mágico começou a transbordar. Notando isso, Jin agarrou o braço de Reiko e a levou para um lugar remoto.

E antes que Jin pudesse acalmá-la, Reiko,

“… Mesmo quando Pai não fez nada de errado, o que acontece com eles, esses humanos. Posso impor disciplina?”

Eram palavras extremas. Jin suspirou,

“Reiko, peço-lhe para não fazer nada, okay?”

“Mas, Pai…”

“Não faça nada”

Jin disse mais uma vez, Reiko,

“Está bem…”

Deixou sair uma voz leve e assentiu com relutância.

 

Voltando para a tenda, os clientes que só se queixavam voltaram para casa, mas,

“O 『Aquecedor de Água』 que pedi, você fez?”

“Sim, claro”

Dizendo isso, entregou o aquecedor de água.

“Isso é bom, então, eram 200 torr verdade? Aqui está”

“Obrigado por seu apoio”

Assim, os 5 pedidos foram vendidos, sobre o isqueiro não faz falta dizer.

Todos foram vendidos

“Bom. É um pouco cedo, mas é conveniente que podemos voltar”

Então, eles decidiram ir para a distante tenda que vende os materiais.

Estava na base de uma estrada de uma montanha à uma hora do caminho fora do castelo de Blue Land. Há uma mina e é o lugar para reabastecer madeira.

Ao longo do caminho, Jin estava pensando sobre o momento para falar com Beana. Sem saber,

“Aqui, este é o lugar”

Um grande armazém foi construído aqui.

“Bem vindos”

O vendedor os saudou.

“Umm, 2kg de lingotes de bronze e 10kg de lingotes de cobre. Madeira também”

Beana parecia pensar no pedido, então rapidamente pediu.

“Isso é 31.000 torr, mas vou dar um desconto e eu vou deixá-lo em 30.000 torr”

“Obrigada. Será o traria para a minha casa?”

Beana disse enquanto pagava o custo,

“Parece que não posso te vencer”

Ele disse enquanto  se lembrava. Com isso, eles poderiam voltar sem carregar os lingotes pesados. Embora Jin tinha pensado em ter Reiko carregando.

Eles voltaram para a casa de Beana junto com um homem e sua carroça puxada por um burro que parecia um cavalo pequeno, eles viram outra carruagem que tinha parado lá.

No entanto, a crista desta carruagem era do Conde Guarana. Além disso, 10 homens que pareciam ser um exército privado estavam de pé ali.

“Eu tenho um mau pressentimento sobre isso”

Esse murmúrio escapou da boca de Jin.

“Eu não quero ser parte desse problema!”

Dizendo isso, atirou os lingotes de madeira ali, então fez o burro sair disparado puxando a carruagem vazia para a tenda de materiais.

Jin ficou para proteger Beana, Reiko estava do lado direito de Jin.

[Anterior] ᄽὁȍ ̪ őὀᄿ [Próximo]

Anúncios

5 comentários sobre “Magi Craft Meister Volume 2 Capítulo 19

  1. Obrigado pelo capítulo, por coincidência o vídeo que foi recomendado foi o que começou a tocar aqui quando fui ler a novel, finaente vou ver a Reiko bater em alguém

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s