Magi Craft Meister Volume 1 Capítulo 1

Pela votação vou estar postando os caps agora todas as sextas, como eu disse antes, sem número fixo de caps, vai ser o que eu conseguir traduzir durante a semana… Enfim, vou deixar esse cap hoje, sexta tem mais, aguardem…

Traduzido por Kote. [PDF]


 

Volume 1 Capítulo 1 – Aldeia Kaina

“… Um teto que não reconheço”

Era a segunda vez [1]. Jin abriu os olhos e percebeu que ele estava deitado em uma cama. Ele está vestindo sua roupa de baixo, mas suas roupas exteriores foram colocadas sobre uma mesa ao lado dele. Lentamente, ele se sentou e examinou o corpo. Não parecia nada fora do lugar. Se houvesse, era que ainda estava com muita fome.

“…?”

Detectando o olhar de alguém, ele se virou para onde ele podia sentir o olhar e viu alguém espiando atrás da porta, e se escondeu quando seus olhos se encontraram. Depois que ele ouviu o som de passos patapata dessa pessoa se afastando.

“Era uma das pessoas que vivem aqui?”

Após murmurar para si mesmo, ele inspecionou o quarto. Paredes simples de madeira e de barro, uma mesa comum e uma cama. Se eu tivesse que adivinhar era uma casa comum.

“Oh, você acordou?”

Uma mulher idosa entrou na sala. Era, sem dúvida, uma mulher do campo. Escondida por trás da barra de sua saia estava uma menina. O olhar de antes parecia ter sido da menina.

“Você entrou em colapso na entrada da floresta. Esta menina te encontrou ”

Dito isto, ela empurrou a menina se escondendo atrás de sua saia. Ela era uma menina com olhos escuros e cabelo loiro castanho-avermelhado. 8 anos de idade, ou talvez, 9 anos?

“Eu sou Jin. Nidoh… Jin Nidoh é o meu nome. Muito obrigado por me ajudar. Un, você poderia me dizer o lugar que eu estou? ”

“Jin é? Este lugar é a Aldeia Kaina. Um pequeno povoado na zona rural. ”

Apesar de ser dito, Jin não podia adivinhar em que lugar se encontrava. Naquele momento o estômago de Jin rugiu magnificamente.

“Oh querido, você deve estar com fome… espere um pouco”

Dito isto, a mulher saiu do quarto. Só ficaram Jin e a menina. Jin disse a menina.

“Então foi você quem me encontrou, obrigado. Você poderia me dizer o seu nome?”

A menina tímida com uma voz terna disse.

“…Hanna”

Isso é o que ela disse.

“Você é a Hanna-chan? Prazer em conhecê-la”

Quando ele disse isso, ele levantou a mão e Hanna timidamente estendeu a mão, agarrando a de Jin.

022

“Já está pronto, desculpe pela demora”

A senhora retorna com um pote colocado em uma bandeja.

“Você deve estar com fome, coma o quanto quiser”

Dizendo isso lhe serviu um alimento similar ao mingau. Um cheiro agradável e Jin freneticamente o comeu. Quantos dias haviam se passado desde que ele tinha comido?

“Não é como se vai embora, não há necessidade de se apressar tanto”

A senhora se surpreendeu com o vigor com que Jin estava comendo o mingau.

“Obrigado pela comida – (Gochisousama deshita, em japonês J)”

“O que foi isso?”

“Ah, “Gochisousama” é algo como a minha maneira de agradecer pela comida. É uma palavra de agradecimento às pessoas que produzem ingredientes e alimentos, eu acho. A propósito, antes de comer, você diz, “Itadakimasu”… mas eu esqueci de dizer nesta ocasião”

“Hmm, é assim? É a primeira vez que ouço isso. Você, Jin, você deve ter vindo de um lugar muito longe”

“Sim… provavelmente”

“Provavelmente? O que quer dizer?”

Jin deu uma meia explicação. Que veio de outro mundo manteve-o escondido, simplesmente disse que um “Warp Gate [2]” teve um mau funcionamento e o enviou aqui. Porém.

“Warp Gate? O que é isso?”

Ela não entende.

“Umm. Uma “Warp Gate” é uma ferramenta mágica que permite a transferência entre dois lugares ao mesmo tempo… ”

“Ferramenta mágica? Você se refere a um “artefato”, não é?”

“Artefato?”

“O que, você não sabe sobre isso? Um “Artefato” é um instrumento mágico criado antes da “Grande Guerra Mágica” que aconteceu há 300 anos. Foi uma guerra entre humanos e demônios”

Ele não sabia dessa informação.

“Você pode me dizer mais sobre isso com mais detalhes?”

“Estou impressionada. Oh, bem, como seja. 300 anos atrás, os demônios de outro continente subitamente atacaram. E por causa disso, as lutas trouxeram destruição em vários países. Com isto, o grande país… Como se chama?… Ah, isso é certo, o Reino Dinaru, o Reino Dinaru foi o único país a se opor aos demônios.

“Haa… Eu entendo”

300 anos atrás, ou seja, quando a “Automata” estava tentando encontrar Jin, olhando para incontáveis mundos. Não é de admirar que ele não sabia sobre isso.

“Lutando para sobreviver, diz-se que a população do continente foi reduzida para apenas um terço. Naquele tempo, os magos desempenharam um papel ativo na batalha, no entanto, os demônios lutaram até o fim usando “Stampede Ether” e mais da metade das pessoas com poder mágico é dito terrem morrido ”

“Então isso aconteceu, hein?”

A guerra causou a diminuição da população, e o fogo da guerra está incorporado na cultura e na civilização. E a cultura em que magos=nobres diminuiu acentuadamente. Este mundo não mudou em 1000 anos, seria diferente se ele tivesse vindo 1000 anos tarde demais.

“Eu entendo, obrigado pela explicação. Então, minha senhora, eu não ouvi o seu nome ainda, certo”

“Oh, isso é certo. Eu sou Martha, prazer em conhecê-lo ”

“Martha-san? Prazer em conhecê-la.

Ele ouviu várias coisas de Martha. Esta aldeia Kaina pertence ao Reino Cline e as casas aqui são 29.

Agora é primavera. Neste mundo, um ano é de 357 dias, 51 semanas são 1 ano e uma semana são de 7 dias. É o mesmo que 1000 anos atrás, então Jin sentiu algum alívio. Embora tenha havido uma possibilidade de que o mau funcionamento do “Warp Gate” o tinha enviado para um mundo diferente, havia uma alta probabilidade de que este era o mundo de Adrianna Baldora Ceci.

Nota: Lembrando que Jin tem o conhecimento que ele recebeu de Adrianna, mas o conhecimento era de 1000 anos atrás.

(Bom)

Pensou Jin. No entanto, sua vida foi salva. Seu estômago foi “recheado”, então Jin saiu da cama e colocou sua roupa exterior. No bolso tinha uma faca e vários rubis. Então tomou um rubi.

“Un, obrigado por me ajudar, por favor, tome este presente”

“O que é? Isto é…!”

Martha ficou surpresa ao ver o rubi.

“Esta é uma joia, certo? Não posso aceitar uma coisa dessas! ”

“Mas isso é tudo o que eu tenho para dar em sinal de gratidão”

“Não te ajudei, porque eu quero a sua gratidão. Ouça, por favor, leve-a de volta ”

Martha franziu a testa, então Jin tomou o rubi.

“Mas como posso…?”

“Então, que tal se você fica nessa casa um tempo e faz companhia a esta criança. Depois de perder seus pais, ela ficou sozinha ”

Como um adulto, Martha perguntou, e Jin considerou.

“Eu entendo, mas isso não é suficiente, por favor, deixe-me ajudá-la também”

“Fufu, se for esse o caso, temos um acordo. Bem, você pode, alternativamente, usar esta casa por um tempo”

Para devolver a bondade por ajudá-lo ao estar morrendo de fome, Jin decidiu ficar na cidade por um tempo.

 

[1] É a segunda vez que Jin diz esta frase. A primeira vez foi quando foi convocado pela primeira vez para o novo mundo pela Automata.

[2] Porta de Teletransportação

[Anterior] [Início] [Próximo]

Anúncios

3 comentários sobre “Magi Craft Meister Volume 1 Capítulo 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s