Sword Art Online Progressive capítulo 10

Traduzido e revisado por Kote. (Curta também no facebook) [Baixar em pdf]


 

Capítulo 10

O grande grupo se retirou de Tolbana e se moveu em direção ao labirinto; esta cena moveu algo na memória de Asuna. Poucos minutos levou para finalmente lembrar desse algo.

Uma viagem de estudos, na que sua sala participou em janeiro passado. Viajaram a Queensland, Austrália. A excitação dos estudantes que estavam no meio do inverno de Tóquio e que iam estar no verão da Costa de Ouro, superou os limites; onde  quer que fossem, todo mundo parecia se divertir.

A situação era algo completamente diferente mas era igual em alguns sentidos: agora, quando quatro dezenas de pessoas caminhavam sobre as sombras das árvores o ambiente era exatamente o mesmo que no momento em que ela se encontrava em companhia de seus colegas de sala. A conversas intermináveis, as risadas, aqui e ali. A única diferença era que aa floresta de vez em quando era atacada por monstros. No entanto, no instante estes caiam a chuva de habilidades de espada que os jogadores se vangloriavam entre si.

Cuidando da parte traseira com um espadachim, Asuna esqueceu o incidente de ontem a noite e abriu sua boca.

-…Escuta, antes de vir aqui, você jogou outros jogos M…MMO? Assim que se diz?

-Hm… bom, sim, é assim.

O espadachim ainda parecia um pouco tímido; seu cabelo preto se movia de cima a baixo.

-Em outros jogos sentiu essa mesma sensação? Bom, como se diz… como durante as viagens escolares…

-…Hahaha, uma viagem escolar estaria bem.

Disse o espadachim enquanto ria brevemente e logo encolheu seus ombros.

-Infelizmente, em outros jogos que joguei, não tive esse sentimento. No final, todos esses jogos não utilizam a tecnologia de imersão total. Tínhamos o controle dos personagens com o mouse e teclado , assim que comprovar a janela de chat era particularmente difícil.

-…Ah, claro…

-Na realidade, tem outros jogos nos que tem chat de voz, mas ainda não os joguei.

-Mmm.

Na imaginação de Asuna o personagem de um jogador correu em silencio na janela de um monitor. Logo ela perguntou em voz baixa:

-… E a partir desse sentimento… que?

-Eh? A partir deste sentimento?

O espadachim a olhou com duvidas e Asuna lutou para descrever a imagem que surgiu em sua mnete.

-Bom, como já disse… em mundo de fantasia… junto com um grupo de espadachins e magos que vão a batalha contra o líder dos monstros. É certo… que teriam falado… o teriam caminhado em silencio? Bom, isso é tudo.

-…

O espadachim de algum modo estranho ficou em silencio; Asuna se deu conta de que fez um pergunta infantil. Mas quando ela se virou por reflexo e estava a ponto de murmurar “isso não importa”.

-… No caminho a morte ou a gloria.

Essas palavras tranquilas chegaram a seu ouvido.

-Para as pessoas que fazem isso todos os dias… acho que é como ir jantar em um restaurante. Se tem um tema de conversa, falam e se não tem não há pois se mantem o silencio. Acho que as raids contra o boss, se conduzirão dessa forma. Além de que vamos enfrentar o bosses constantemente.

-…Hu-hu-hu.

O discurso direto do espadachim parecia divertido para Asuna e ela riu. No entanto, imediatamente ela o explicou, quase com um tom de desculpa:

-Eu sinto por rir, mas na verdade… é estranho. Este mundo é a última forma de vida comum, mas pra você parece uma rotina.

-Hahaha… talvez você tenha razão.

O espadachim riu e logo disse em voz baixa:

-No entanto, nos levou quatro semanas chegar até aqui. Mesmo se hoje conseguirmos ganhar do boss, ainda tem noventa e nove níveis sobrando… estou pronto para o fato de que isto nos leve dois ou três anos. E se é assim, mesmo tais eventos se tornarão rotina.

Para a antiga Asuna estas palavras a cobririam de desespero e choque. Mas agora esse sentimento era um vento seco que sopra desde seu peito.

-..Você é forte. Eu nunca fui capaz de pensar assim. Você pensa que terá que viver neste mundo durante anos… a morte na batalha de hoje não é tão temível para mim.

O espadachim olhou para ela, em seguida, colocou as mãos nos bolsos de seu casaco cinza e disse calmamente:

Se atingir os níveis mais elevados, pode haver um banheiro melhor lá.

– … Realmente?

Ela disse involuntariamente e percebendo o que tinha dito, falou timidamente:

-… Lembre-se dessas palavras, se é que realmente quer beber um barril inteiro de leite estragado.

-Nesse caso, pelo menos, deveríamos voltar vivos hoje.

Tendo feito esse comentário, o espadachim sorriu e depois se colocou rindo.

********

 

Anúncios

3 comentários sobre “Sword Art Online Progressive capítulo 10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s